C   redit
Mas talvez, você não entenda, essa coisa de fazer o mundo acreditar, que meu amor, não será passageiro, te amarei de janeiro a janeiro, até o mundo acabar.
Nando Reis  (via aprendizdepoeta)
Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada… Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro.
Clarice Lispector   (via aprendizdepoeta)